Minha sacola
Sacola Vazia

O Sistema de Detecção e Alarme de Incêndio é fundamental para alertar as pessoas sobre uma situação de emergência, garantindo que todos tenham a mesma informação em tempo hábil para evacuação ordenada e imediata do local. Este sistema deve ser mantido em funcionamento para garantir que, em caso de necessidades reais, ele possa ser efetivo. A compra de equipamentos e contratação de serviços de manutenção sem as devidas garantias ou procedimentos técnicos adequados descritos em normas, coloca a vida das pessoas e o patrimônio em risco eminente.

Como funciona o Sistema de Detecção a Incêndio?

Composto por uma central de detecção e alarme interligado aos componentes de detecção por intervenção humana, chamados de "acionadores manuais" (botoeiras) que dependem do acionamento mecânico e os detectores de fumaça, térmicos ou ambas as funções que detectam a presença de fumaça ou calor, o Sistema de Detecção e Alarme de Incêndio gera um aviso à central de monitoramento em caso de princípios de incêndio. Esse aviso aciona o alarme de abandono através dos seus sinalizadores que podem ser audiovisuais ou sonoros.

Por muitas décadas, os sistemas passaram por diversas alterações tecnológicas de conceitos na forma de detecção de fumaça, inicialmente feito por ionização de partículas, até os mais modernos detectores por feixe de luz algorítmicos, capazes de informar seu status real para a central de alarme de incêndio.

A tecnologia dos sistemas de detecção e alarme é uma das que mais têm evoluído dentro da área de segurança contra incêndios por conta da sua grande importância na proteção da vida humana e diminuição de perdas materiais. Nesta linha, criou-se uma nova norma em substituição à ABNT NBR 9441 de 1998, passando a ser divulgada como NBR 17240:2010, contemplando então as recentes tecnologias de sistemas de detecção e alarme de incêndio.

A escolha dessa central deve ser baseada na melhor performance, identificada por especialistas como a Commandtech e sem que apenas o investimento mais baixo seja levado em consideração. Através de ferramentas confiáveis e devidamente instaladas, mantendo as manutenções devidamente executadas, é possível um melhor aproveitamento e a garantia da segurança do local.